Diário Oficial das Prefeituras Piauienses lança primeira edição

Diário Oficial das Prefeituras Piauienses lança primeira edição

O Diário Oficial das Prefeituras Piauienses (DOP) lança sua primeira edição nesta segunda-feira (21), com a devida regulamentação junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) desde o dia 6 de junho. O projeto tem parceria com o com o Jornal Meio Norte, pertencente ao Grupo Meio Norte de Comunicação, que é o maior impresso em veiculação no estado do Piauí. 

Anúncios

O DOP tem como objetivo atender Prefeituras, Câmaras Municipais e mercado privado, atuando como instrumento de publicação de atos oficiais no meio impresso e virtual. Desta forma o material garante o acesso público e ilimitado às informações públicas, algo que é preconizado na legislação vigente no que diz respeito à administração pública. 

É o que explica a jornalista Janaína Sena, coordenadora do DOP. “Seja o que for de ato oficial, como edital para concurso, pregão, licitação, tudo deve ser publicado. A partir de agora, o mercado ganha mais uma opção para publicar seus atos oficiais. Além disso, somos um veículo habilitados pelo TCE e seguimos todos os protocolos de segurança e possuindo toda certificação digital ”, reforça. 

Custo reduzido

A coordenadora afirma que o DOP aparece com uma opção com custo reduzido para as prefeituras e abrindo portas no mercado de publicações legais para que o gestor ou a empresa privada tenha a chance de escolher e ver o melhor custo benefício. O Diário Oficial das Prefeituras Piauienses está comprometido com a adoção de todas as medidas de Segurança, Transparência e Regularidade na impressão e publicização dos atos oficias da administração publica municipal, câmaras municipais, e demais e órgãos a elas vinculados, tudo em conforme com a Instrução Normativa nº TCE/PI 003-2018. 

Quebra monopólio

O DOP quebra um monopólio de décadas que havia no Piauí para a publicações oficiais. “O Grupo Meio Norte de Comunicação está muito feliz com esta parceria com o Diário Oficial das Prefeituras. este novo produto só vem a agregar aos municípios, pois os prefeitos e presidentes de Câmara agora poderão ter oportunidade de escolha no mercado”, finaliza.

Informações MN.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.