Suspeito de estuprar e matar menina em obra é preso no Maranhão quase 8 anos após o crime

Suspeito de estuprar e matar menina em obra é preso no Maranhão quase 8 anos após o crime

Um homem de 47 anos foi preso na cidade de Poção de Pedras, no Maranhão, suspeito de estuprar e matar a pauladas a menina Iasmin Martins de Souza, de 8 anos, em Catalão, na região sudeste de Goiás. O crime aconteceu em dezembro de 2013.

Anúncios

Em comunicado, a Polícia Civil do Maranhão informou que o suspeito foi preso na última quarta-feira (16) e encaminhado para a Unidade Prisional de Pedreiras, no povoado Barriguda do Insono, e ficará à disposição da justiça.

A menina teria saído da casa da avó para ir até a feira onde a mãe estava trabalhando. Contudo, a criança não chegou ao local. A polícia diz que o corpo dela foi encontrado no dia seguinte, com um pano enrolado na cabeça e nua da cintura para baixo, em uma casa em construção.

Um pedreiro chegou a ser preso suspeito do crime, depois de relatos que ele teria sido visto com a menina horas antes da morte. O homem, que tinha 37 anos na época, negou a autoria, mas mesmo assim foi preso.

O crime causou revolta nos detentos, que fizeram uma rebelião para exigir que o pedreiro não ficasse no local. No entanto, ele foi inocentado após exame de DNA, que analisou o material genético encontrado em Iasmin, comparando com o dele.

Informações Central de notícias.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.