Vereadora Graça Amorim sofre atentado e sítio é alvo de seis tiros

Vereadora Graça Amorim sofre atentado e sítio é alvo de seis tiros

Em discurso na tribuna da Câmara de Vereadores de Teresina, na quarta-feira, (26/08), a vereadora Graça Amorim (Progressistas) denunciou atentado a tiros na noite de sábado, (22/08), contra o seu sítio localizado no Povoado Santa Luz, zona Rural da capital.

Segundo Graça Amorim, a caixa d’água do sítio foi alvo de seis tiros que apavoraram os caseiros, os quais imediatamente entraram em contato com a parlamentar que acionou a Polícia Militar, através do 190. A PM foi até a localidade e registrou todo o ocorrido.

“Sou defensora do meio ambiente, sempre denuncio pessoas que fazem desmatamento, derrubam árvores de forma ilegal. Tenho esse sítio há 23 anos e no sábado sofri este atentado. Esta foi a primeira vez que sofri isso. A única causa que posso imaginar como causa são as denúncias que faço contra crimes ambientais. Meu sítio é todo equipado com câmeras e toda a movimentação que aconteceu na noite de sábado foi gravada”, disse a vereadora.

Graça Amorim afirma que há alguns meses percebe a morte dos cães de guarda do sítio. Eles morriam por envenenamento e acreditava-se que seriam cobras ou outros animais peçonhentos. Mas, diante dos fatos, os envenenamentos podem ter outras causas. “As câmeras registraram a movimentação de veículos na porta do meu sítio horas antes do atentado. Também temos as imagens de quem atirou”. 

A vereadora havia feito denúncia ao Ministério Público sobre queimadas e desmatamento ilegais referentes ao sítio vizinho, de propriedade do advogado Alano Dourado, que recebeu a intimação para comparecer ao órgão, na semana passada. O advogado teria feito intimidações, através de recados com moradores de sítios vizinhos, de que o esposo de Graça pisou em ‘rabo de cobra’. “Vamos procurar resolver todo este problema na justiça e não na bala, como fizeram na minha casa”, afirma Graça.

As informações são do Meio Norte.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.